pigeon suicide squad

um duende aleatoriamente peculiar entre tantos apenas humanos juninos

entre  Arroio do Meio e Lajeado –  uma ponte mágica – influenciamente dylan, azul  com sardas e cachos

e poesia e pinheiros e

neblina com nevoeiro e frio.

frio que sentimos vontade de sentir.

uma fuga distante porém perto um gira gira melódico

divagar e escapar.

e o tu.

um de repente vicio em nelo johann. uma galeria jingle jangle linda para horas no flickr.

e bob, bob. e campo e bucolismo e interior tão bitolado a princípio, mas tão infinito, tão ideológico;

para assistir mil vezes. os famosos e os duendes da morte – cinema brasileiro digníssimo.

[estar perto não é físico]

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s