Micmacs a Tire-Larigot

jean fetiches, jean cores, jean peripécias, jean cacarecos, jean caracteres.

Jean-Pierre Jeunet – também diretor de amelie poulain, eterno amor, ladrão de sonhos […]

Acho que muita descrição não vem ao caso,  afinal,  faltam adjetivos dignos para caracterizar esse cara mas, seus filmes já o dizem.

Tá, pra quem não conhecer ainda, esse Jean ae é um diretor de cinema francês que me encanta prontofalei.

características –
O sempre mesmo tom de cores mágico, a trilha sonora hm, diga-se de passagem – perfeita, a relevância dada aos detalhes do cotidiano (prazeres amelie poulain), detalhes esses que encantam a todos, tocam lembranças quase esquecidas, fazem cócegas na memória, despertam sorrisinhos alheios, contrangimentos felizes, enfim

A recriação da realidade que alia utopia a fatosfatos;

Quem assistiu amelie sabe! a verdade é que ele expõe sem restrições nos filmes tudo o que gosta, sem um apelo ao padrão gostar das pessoas, fugindo dos gostos clichês a que estamos acostumados e isso deu muito certo, acabamos nos identificando de fato com as personagens e não apenas nos imaginando no lugar delas como seres idealizados (exemplo hollywoodiano). Enfim, só queria dizer que estou ansiosa pelo novo filme – Micmacs a Tire-Larigot ,  trailler estimulante.

Tenho a impressão de que falo falo e não digo nada, prolixidade sux

 

 

Anúncios

2 comentários em “Micmacs a Tire-Larigot

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s