desfalecimento inútil

eu estava precisando de um bordejo hoje e o pouco mais de meia hora foi o suficiente para eu me desfalecer pelas vielas languidamente. caminhei andei me movimentei ao sol. que maravilha. decidi almoçar. decidi almoçar um suco de amoras. mas antes resolvi procurar uma touquinha que  há muito procuro e não encontro. não a encontrei. – chega daqui a duas semanas – disse alguém. voltei atrás do suco de amoras que me escapou. “andar a esmo” – eu viveria disso. eu poderia muito bem descrever alguma cena inútil que presenciei, mas não quero perder meu tempo palavreando instantes mínimos que me roubam tantas palavras. mas vou, agora vou. aquela maça contida em alguns infinitos planos .. ah, nem vou. baibai perdi-me no tempo mas não perdi a aula de hibridação, drogga
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s