jargões do suburbano

não que o título  faça a mínina relação com o que escrevi, mas eu adorei o termo, na verdade não o que ele soa pois não é algo muito atrativo .. riri

Aquela noite não era calada como diz o clichê. GEDC1532
Ainda era domingo quando fitei o ponteiro da catedral.Infelizmente. Trêz segundos e me pasmei com a realidade que me rodeia (putz, que ignorância) todo dia não santo. Era incrível o fato de eu não ser o único que vivia aquela mesmice com tamanha normalidade. A rotineira caminhada de volta nunca havia me impressionado como naquela noite quente em que se olha para o céu ainda claro e vê-se a preguiça das nuvens teimando a retirada, embora já passasse das quinze para meia-noite. Ah, o céu naquele momento não importava mais, exceto por ele ainda refletir o brilho dos meus olhos e tornar evidente a luta das pálpebras que queriam se fechar logo. Ver tudo aquilo não era de se perder o sono, muito pelo contrário, pedir que o sono me levasse desse beco rumo aos Alpes… Naquele momento, seria o único pedido de qualquer pessoa condenada como eu fui. Afinal, alguém curte refletir e sempre cair no mesmo buraco? Mais dois segundos e sinto uma gota. Arre, gostaria de perder os sentidos nessa situação. Meus olhos não brilhavam mais por causa das ondas luminosas da lua. O ponteiro que me observava não me transmitia alívio por segunda feira ter chegado e o domingo do qual tanto odeio ter finalmente acabado.Não era a realidade que havia me transtornado no toque daquela gota.Seria talvez a segunda gota que dessa vez saiu de meus olhos, ou não. Frente àquilo que imploro que não volte a minha mente novamente, concluo que nenhuma caminhada alternativa teria me impressionado tanto se aquela pedra do passado não me tivesse feito tropeçar nas lembranças que tanto condenam o bater do meu coração, tão distante, perdido, esquecido

 

odiei a formatação

Anúncios

Um comentário em “jargões do suburbano

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s